terça-feira, 18 de novembro de 2014

INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO

A indústria de transformação  é responsável por transformar matérias e substâncias em nível físico, químico e biológico para a geração de novos produtos. Os componentes transformados são proveniente do cultivo e da extração, das áreas agrícolas, florestais, pesca, mineração e demais áreas industriais.
A indústria de transformação corresponde a uma importante etapa industrial, por meio de instalações industriais em fábricas munidas de máquinas e equipamentos de manipulação. É necessitada de planejamento, maquinário e energia.
 Abrange também a produção manual de transformação de materiais. A partir da etapa de transformação, o novo produto pode estar disponível em sua conclusão final ou semi-acabado para servir outra indústria.
 Numa mesma fábrica pode existir diferentes unidades de transformação, conforme a quantidade de extensão de etapas no local de produção, ou serem utilizadas unidades externas para conclusão de uma determinada etapa produtiva. Na maioria dos casos, esse tipo de indústria é responsável pela produção de bens tangíveis, referidos como “mercadorias”.
 A área de serviços também é considerada dentro desse setor, como os serviços industriais, a montagem de componentes, serviço de instalação e manutenção de máquinas. No Brasil, esse setor industrial sempre foi considerado uma área importante.
 Em 2012, segundo dados da FGV (Fundação Getúlio Vargas), a indústria de transformação brasileira havia conseguido normalizar o seu nível de estoque de produtos, principalmente, as do segmento têxtil, plástico e mecânica.
 As indústrias brasileiras, depois de algumas perdas de estoque registradas entre 2010 e 2011, conseguiram normalizar seus estoques, porém, o percentual de empresas que consideravam os seus estoques como excessivos caiu de 6,4% em maio de 2012, para 6,1% em junho.
 O equilíbrio se reflete quando não há superestoques, pois isso significa o encalhe de produtos, queda do consumo e fraca reação econômica de um país. A normalização dos estoques significa equilíbrio entre as força produtiva e a demanda por insumos e produtos.
Fernando Rebouças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário