terça-feira, 24 de junho de 2014

MATÉRIA ESCURA NO ESPAÇO

Um excesso de antimatéria foi encontrado em raios cósmicos do espaço, de acordo com informação divulgada por pesquisadores da Estação Espacial Internacional. Trata-se da primeira real evidência de matéria escura, contudo ainda há muita coisa a ser discutida pelos astrônomos sobre o assunto e outras hipóteses precisarão ser descartadas para que essa descoberta seja confirmada. Ou seja, um longo debate está por vir.
O achado foi apresentado no seminário no CERN e um estudo será publicado no jornal Physical Review Letters. A descoberta, feita pelo Espectrômetro Magnético Alfa (AMS, na sigla em inglês), teve como base a análise de 25 bilhões de eventos, capturados por um ano e meio. Esta é a maior coleção de partículas de antimatéria registrada no espaço.
A matéria escura é identificada por provocar efeitos gravitacionais sobre a matéria visível, como estrelas e galáxias, porém, ela nunca foi vista pois não reflete a luz. Por conta disso é um dos grandes mistérios da física moderna e responsável por um quarto do Universo, ou 26,8% de sua densidade.

- See more at: http://noticias.seuhistory.com/encontrado-primeiro-sinal-de-materia-escura-no-espaco#sthash.wiUXEeVX.dpuf

Nenhum comentário:

Postar um comentário