quarta-feira, 19 de março de 2014

SERENO

O sereno, ou orvalho, é um fenômeno que ocorre como consequência do resfriamento noturno, causando a saturação do ar e formando pequenas gotas de água em cima de qualquer objeto.
 Durante todo o dia os objetos (ou seres) perdem calor para a atmosfera, mas este calor retorna para os objetos ou seres através da radiação solar. À noite isso continua acontecendo embora com bem menos freqüência, o que faz com que os objetos, percam mais calor do que estão ganhando, resfriando-se.
 Isso costuma ocorrer após noites de céu limpo e calmo quando as superfícies dos objetos ficam mais frias do que o ar que está em volta delas, resfriando-o também e deixando-o saturado.
 Assim, se o ar ficar mais frio que o ponto de congelamento, ocorre o que chamamos de geada, mas, se ele ficar acima do ponto de congelamento, o vapor de água presente ao redor do objeto se condensa formando o orvalho.
 Logo, podemos concluir também que, tanto a geada, quanto o orvalho, não “caem”, como a chuva. Eles se formam no local, sobre os objetos.
 Tanto é que, a temperatura em que o ar deve ser resfriado, sob pressão constante, para que haja saturação é chamada de “ponto de orvalho”. E quando essa saturação ocorre a uma temperatura de 0º C ou menos, chamamos de “ponto de geada
Caroline Faria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário