terça-feira, 12 de março de 2013

BAÍA DE JAMES

A Baía de James (em inglês: James Bay, em francês: Baie James) é uma grande baía que prolonga para sul a Baía de Hudson no Canadá. Ambas têm ligação com o Oceano Árctico.
As margens da Baía de James fazem o limite dos estados do Quebeque e Ontário, mas as ilhas na baía (a maior das quais a ilha Akimiski) fazem parte do território de Nunavut. A bacia da Baía de James é local de grandes projectos hidroeléctricos, e também destino turístico para amantes da natureza.
Centenas de rios desaguam na baía. A geografia da zona faz com que muitos tenham características similares. Tendem a ser muito largos e pouco profundos perto da baía (nas terras baixas), enquanto que a montante são mais estreitos e escarpados (já que correm sobre o Escudo Canadiano).
A Baía de Hannah é a parte mais meridional da baía de James. É nesta baía que o rio Kesagami e o rio Harricana desaguam. Cerca de 238 km² estão protegidos pela «Lei sobre Aves Migratórias» do Canadá («Migratory Birds Convention Act»).
Várias comunidades residem perto da Baía de James, incluindo algumas comunidades aborígenes, como os Kashechewan e nove comunidades pertencentes ao Grande Conselho dos Crees, do norte do Québec.
Fonte: Wikipédia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário