terça-feira, 28 de junho de 2011

TERREMOTO NO JAPÃO

Terremoto alargou placa continental submarina do Japão em 24 metros. Aumento ocorreu no local do epicentro do terremoto. Deslocamento aconteceu 130 km mar adentro.  A placa continental epicentro do potente terremoto de 11 de março frente ao litoral oriental do Japão sofreu um alargamento de 24 metros, anunciaram nesta quarta-feira (6) os guarda-costeiros japoneses.
Sondas especiais demonstraram que uma parte do subsolo do Oceano Pacífico se alargou numa distância de 24 metros em direção leste-sudeste devido à força do terremoto, que desencadeou um enorme tsunami ao longo do litoral japonês.
Este deslocamento, que aconteceu 130 km mar adentro, foi mais de quatro vezes mais importante que o constatado em terra, na península de Oshika (província de Miyagi), onde o solo se moveu 5,3 metros.
Segundo o Instituto Americano de Geologia USGS, Honshu, a ilha principal do Japão, se deslocou 2,4 metros depois do terremoto de magnitude 9, o mais importante registrado no arquipélago japonês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário